Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

País

'Homenagem' de alunos da UFRGS ao Dia da Mulher gera críticas na web

Imagem de modelo seminua foi postada por grupo que integra o Diretório Central de Estudantes

Portal Terra

Uma postagem feita por um grupo que integra o Diretório Central de Estudantes (DCE) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) é alvo de críticas nas redes sociais. Por ocasião do Dia Internacional das Mulheres, o grupo DCE Livre, ligado ao Movimento Estudantil Livre (MEL), postou a foto de uma mulher seminua com uma mensagem marcando a data.

"Neste 8 de Março, o DCE Livre - Movimento Estudantil Liberdade, grupo que apoia a atual gestão do DCE da UFRGS, deseja a todas as mulheres um Feliz Dia Internacional da Mulher", dizia o texto, publicado junto à imagem de uma modelo sensual.

Entre mensagens com piadas e manifestações de apoio à "homenagem", alguns internautas se revoltaram com a postagem. "Bando de idiotas!", disse uma usuária da rede. "O cara é mal amado e aí precisa despejar suas frustrações com esse tipo de postagem. Deve ser o tipo que passa madrugadas olhando pornografia porque ninguém gosta de ficar por perto dele", declarou outro internauta. "Machistas, idiotas, direitos ridículos! É assim que vocês homenageiam as mulheres? Temos brilhantes mulheres em espaços de poder e vocês se acham no direito de fazer isso?!", questionou outra jovem.

No ano passado, cartão de Natal publicado pelo mesmo grupo havia causado polêmica semelhante
No ano passado, cartão de Natal publicado pelo mesmo grupo havia causado polêmica semelhante

Não é a primeira vez que a página causa esse tipo de polêmica. No ano passado, o DCE Livre postou um cartão de Natal com quatro modelos de biquíni, gerando grande repercussão no Facebook. "Não era uma provocação, é uma linha que o DCE livre já tem. Mas as críticas já eram esperadas, fizemos uma postagem semelhante no Natal, que teve uma repercussão ainda maior. Aquela teve 50 mil acessos, essa última teve só 7 mil. É uma linha do grupo, nós temos muitos apoiadores", argumentou Gabriel Afonso Marchesi Lopes, presidente do DCE Livre e responsável pela página.

Segundo Lopes, a "linha do grupo" à qual ele se refere é uma oposição a "grupos feministas" que atuam dentro da universidade. "É uma crítica à posição de vários grupos feministas, pois as próprias feministas apregoam uma liberdade da mulher, só que quando ocorre a liberdade, elas criticam. Elas dizem que não pode haver limitações à liberdade de expor o próprio corpo, só que elas são as primeiras a reprimir quando há essa exposição", justifica.

Questionado sobre a diferença entre a liberdade de uma mulher expor o próprio corpo e a possibilidade de ter a sua imagem exposta por terceiros, Lopes argumentou: "a foto é de uma modelo. Ela certamente fez isso recebendo um cachê e por vontade própria. Não existe essa história de nós estarmos obrigando alguém a se expor".

A chapa apoiada pelo MEL foi eleita para comandar o DCE da UFRGS em novembro do ano passado, derrotando grupos ligados ao Psol e ao PSTU. Segundo Lopes, a atual gestão é formada por pessoas "com inclinação política de direita", mas sem filiação partidária.

Tags: . rs, central, diretório, estudantes, polêmica

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.