Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

País

AM: mãe deixa criança com paralisia cerebral trancada em casa

Portal Terra

Um menino de oito anos com deficiência cerebral foi encontrado pelos vizinhos trancado dentro da própria casa no início da manhã desta sexta-feira na zona norte de Manaus. A mãe, segundo os vizinhos, passou a noite fora de casa e só apareceu por volta das 11h de hoje, quando o conselho tutelar já estava no local.

A criança foi encontrada nua, no chão da cozinha, comendo um tempero de comida feito a base de urucum. Diante da cena e da ausência da mãe, os vizinhos denunciaram o caso ao Conselho Tutelar e à imprensa. 

"Não é a primeira vez que essa criança é abandonada. Ela vive sendo maltratada. Eu tenho filho e é revoltante ver isso acontecer", contou, revoltado, o comerciante Niales Rodrigues, 32 anos, responsável pela denúncia ao conselho tutelar

Por volta das 6h, os vizinhos ouviram os gritos do garoto. A moradora da casa ao lado revolveu ir ver o que acontecia e se deparou com o garoto comendo o condimento na cozinha. "Eu chamei os outros vizinhos e arrombamos a porta para ajudar a criança. Eu tenho pena desse menino porque ele sofre tanto nessa casa. Outro dia o padrasto bateu nele com um taco de sinuca", disse a dona de casa Maria Soraia de Lima, 25 anos.

O conselho tutelar só chegou à casa, localizada no conjunto Viver Melhor, na zona norte da cidade, por volta das 11h. Minutos depois, a mãe apareceu. Segundo a dona de casa de 29 anos, a criança não ficou só, mas sim sob os cuidados da irmã de 14 anos. "Eu saí sim de madrugada, mas pedi para minha filha tomar conta do menino, mas pelo que estou vendo ela não cuidou. Agora esse negócio de que eu maltrato ele é tudo mentira", rebateu a mãe da criança.

Contudo, segundo o conselho tutelar da zona norte, essa não foi a primeira denúncia de abandono e maus tratos contra a mãe do menino. "Já notificamos a mãe em uma outra ocasião, mas parece que não deu jeito. Agora vamos levar ela e a criança para a delegacia", explicou o conselheiro tutelar Damião Amaral.

A criança abandonada não é o único filho de dona Rosangela. Ela tem um bebê de dois meses e mais duas filhas, uma de 19 anos e outra de 14 anos. "Ela só quer saber de receber o Bolsa Família e não compra nada para a criança. Ela vive nua dentro de casa, as vezes colocam a comida no chão da casa para ela comer. O colchão que ela dorme é colocado no chão. Isso é revoltante", desabafou a dona de casa Isabela Souza, 25 anos 

Tags: Amazonas, Conselho, doente, maus tratos, menino

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.