Jornal do Brasil

Domingo, 22 de Abril de 2018 Fundado em 1891

País

Vaquinha online arrecada dinheiro para cadela enterrada viva

Jornal do Brasil

Uma campanha de arrecadação online para custear o tratamento de uma cadela vítima de maus tratos conseguiu nesta quarta-feira duas vezes e meia a mais o valor que era objetivo. A vaquinha serve para custear o tratamento de Bela Vitória, como o animal foi chamado, que foi encontrada enterrada, somente com a cabeça para fora, no sábado, em Vera Cruz (RS).

O objetivo da arrecadação era conseguir R$ 2.350, valor estimado para o tratamento. Contudo, segundo o site da vaquinha, já foram arrecadados R$ 6.125 – e a arrecadação está prevista para durar mais 19 dias. O valor excedente, afirma a Associação Mãos e Patas, será utilizado na ONG. 

Segundo a médica veterinária Juliana Saueressig, que cuida de Bela, ela passou pelo menos dois dias enterradas e foi encontrada faminta e desidratada.  No momento do resgate, o animal tinha 18 quilos, quando o peso normal da raça (pastor alemão) fica em torno de 30 quilos. “No mínimo 25 quilos”, diz.

“(Bela) já está bem melhor. Hoje ela começou a se virar sozinha na gaiola e procurar posição para deitar. Ontem foi a primeira vez que ela se apoiou para comer. Só não está caminhando ainda”, diz Juliana.

A médica veterinária diz que a cadela tem diversas lesões que certamente são anteriores ao caso. Bela tem um osso exposto devido a um corte, um olho perfurado que estava com miíase (larvas de mosca) e cortes na cabeça. Juliana acredita que os ferimentos sejam anteriores porque o animal estava com marcas de spray roxo, que indicam que foi utilizado um produto para evitar a miíase. Contudo, alerta a veterinária, esse produto é para uso em gado e é tóxico para cães.

Juliana afirma que o tratamento é longo e pode ser caro. Além dos remédios e de todo o tempo internada, a cadela vai precisar de duas cirurgias – uma para retirada do olho perfurado e outra para castração.

O resgate e tratamentos do animal foram assumidos pela Associação Mãos e Patas, da própria cidade. Contudo, a entidade afirma que o animal vai precisar de cirurgias, remédios e tratamentos que podem ser caros. O valor pedido na vaquinha online foi estimado.

A Polícia Civil investiga o caso da cadela enterrada. Contudo, nenhum suspeito foi identificado ainda.

Portal Terra


Tags: Cachorro, arrecadação, custos, maus tratos, tratamento

Compartilhe: