Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

País

Dilma: duplicação de rodovias significa maior segurança e mais rapidez

Jornal do Brasil

A presidente Dilma Rousseff afirmou, nesta quarta-feira (12), durante a cerimônia de assinatura dos contratos das rodovias BR-163 e BR-040, que as concessões que preveem duplicação levam mais segurança e rapidez aos usuários e possibilitam um menor custo de transporte. 

Os contratos abrangem 2.634,9 km de rodovias e totalizam investimento de R$ 18,2 bilhões, sendo R$ 10,3 bilhões nos primeiros cinco anos da concessão.

“Ao analisar as rodovias, principalmente nos eixos mais importantes, levar a duplicação a elas torna-se algo fundamental, essencial. Levar duplicação significa maior segurança, mais rapidez e portanto, menor custo do transporte, sobretudo nas regiões que são regiões de fronteira de produção, como é o caso de todo o Centro-Oeste brasileiro”, destacou Dilma.

Presidente Dilma Rousseff durante assinatura dos contratos de concessão das rodovias BR 163-MT, BR 163-MS e BR 040-DF, GO e MG
Presidente Dilma Rousseff durante assinatura dos contratos de concessão das rodovias BR 163-MT, BR 163-MS e BR 040-DF, GO e MG

Em 2013, foram realizados cinco leilões de concessões de rodovias no âmbito do Programa de Investimento em Logística (PIL), com 4.248 km de rodovias federais concedidos, dos quais 2.840 km serão duplicados pelas concessionárias, com investimento de R$ 28,4 bilhões. Também em 2013 foram concedidos, fora do PIL, 476 km da BR-101/ES, dos quais 418 km serão duplicados. O investimento será de R$ 2,6 bilhões.

Tags: acordos, assinatura, concessão, estradas, federais

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.