Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

País

Deputados impõem derrota a Dilma e convocam 4 ministros

Portal Terra

Com apoio de deputados da base aliada, a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira a convocação de quatro ministros para prestar esclarecimentos na Casa. Os deputados, insatisfeitos com a articulação política do governo Dilma Rousseff, levaram o governo a uma nova derrota.

Os deputados decidiram convocar o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, para prestar esclarecimentos sobre obras de mobilidade urbana e a resolução que dispõe sobre implantação de simuladores em autoescolas; e os ministros Manoel Dias (Trabalho), Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência) e Jorge Hage (Controladoria Geral da União) para falar de denúncias sobre irregularidades envolvendo ONGs.

Ontem, partidos da base aliada levaram à aprovação de um requerimento que cria uma comissão para acompanhar, na Holanda, investigações que envolveriam a Petrobras. Dos partidos que formaram um bloco informal envolvendo partidos da base aliada, PP, Pros e PDT decidiram, após se reunir com o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, a ajudar o governo a evitar derrotas na Câmara.

Dos ministros convocados, dois são da cota de partidos que contrariaram o blocão na votação de ontem: Aguinaldo Ribeiro (PP) e Manoel Dias (PDT). A votação sofreu resistência das siglas, somadas com PT e Pros, mas não houve êxito com o apoio do PMDB.

Antes de aprovar as convocações, os deputados da comissão já haviam aprovado um convite para a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, e o ministro da Saúde, Arthur Chioro, prestar esclarecimentos na Casa.

Tags: Bancada, deputado, dilma, política, presidente

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.