Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

País

RS: prefeitura pedirá ressarcimento de danos em audiência

Portal Terra

A prefeitura de Porto Alegre pediu nesta terça-feira a responsabilização dos envolvidos no tumulto entre manifestantes e policiais durante uma audiência pública para discutir a licitação do transporte público na cidade na segunda-feira. Segundo a prefeitura, um grupo de manifestantes que ocupava as arquibancadas do Ginásio Tesourinha, onde foi realizada a audiência, disparou fogos de artifício e invadiu a quadra onde estavam reunidas as autoridades, entrando em confronto com guardas municipais. O governo pedirá o ressarcimento pelos prejuízos.

Uma ocorrência foi registrada na Polícia Civil e uma equipe realizou a perícia técnica no local. Técnicos da Secretaria Municipal de Esportes estão fazendo um levantamento detalhado dos estragos. Segundo a prefeitura, os prejuízos podem chegar a R$ 70 mil. 

"É lamentável o que aconteceu durante a audiência pública que é um instrumento democrático. Não podemos tratar esses episódios como casos isolados. São ações planejadas por uma minoria que usa a violência para deixar a população com medo, para gerar pânico, impor suas vontades e para atacar a democracia. Essas pessoas devem ser responsabilizadas pelos seus atos, devem pagar pelos prejuízos que provocaram", afirmou o prefeito José Fortunati. 

A Secretaria Municipal de Segurança registrou três boletins de ocorrência ainda na segunda-feira, sendo dois na 2ª DP referente ao ferimento de um dos participantes da audiência e ao dano consumado no local, e um terceiro na Delegacia de Polícia para Crianças e Adolescentes (Deca) por dano qualificado ao patrimônio público. 

O procurador-geral do Município, João Batista Linck Figueira, e o diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari, representaram a prefeitura ao registrarem nesta terça-feira notícia-crime na 1ª Delegacia de Policia Civil, dando conta dos atos no ginásio.

Tags: licitação, públicos, quebra, Transportes, tumultos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.