Jornal do Brasil

Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

País

MP denuncia australiana por dois casos de racismo no DF

Portal Terra

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) denunciou duplamente na sexta-feira a australiana Louise Stephanie Garcia Gaunt por racismo. A estrangeira teria se recusado a ser atendida por uma manicure negra em fevereiro de 2014. A lei prevê de um a três anos de prisão e multa por crime de racismo.

“Pessoas da sua cor me incomodam”, disse a australiana à vítima, segundo o MP. Ao ser questionada por outra cliente - também negra - sobre sua conduta, Louise teria dito: “Só quero que as pessoas da sua cor não me dirijam a palavra”. 

A outra denúncia se refere a uma confusão que ocorreu em junho de 2013. A australiana teria ofendido duas funcionárias negras terceirizadas na Companhia Energética de Brasília (CEB), onde Louise trabalha. Ao ver as duas no banheiro do local, ela teria demonstrado aversão e batido a porta ao sair. 

Ao ser interrogada, a australiana disse que uma das vítimas "é uma faxineira e nem é da sua cor”. Ela alegou que entende que errar é humano e ser preconceituoso também, o que pode fazer se é estrangeira. Louise alegou ainda que “foi criada em ambiente estrangeiro e nunca teve relação com pessoas de cor escura”. 

Tags: acusações, estrangeira, Ministério, negros, público

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.