Jornal do Brasil

Quinta-feira, 28 de Agosto de 2014

País

TCDF suspeita de sobrepreço em licitação de ônibus no DF

Agência Brasil

O Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) pediu à Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB) a comprovação de que a compra de 18 ônibus híbridos foi pautada em preços praticados no mercado. Segundo o TCDF, há a suspeita de que a empresa fornecedora dos veículos tenha vendido o mesmo ônibus para Curitiba com preço muito menor.

De acordo com o tribunal, a compra da TCB estaria cerca de 170% acima dos gastos da capital paranaense. Em Curitiba foram 60 veículos por R$ 26 milhões, enquanto a empresa pública do DF vai pagar R$ 21 milhões por 18 ônibus.

A solicitação foi enviada à TCB no dia 25 de fevereiro, e a empresa tem 30 dias corridos para responder. O tribunal alertou quanto à possibilidade de os ônibus não serem entregues a tempo de atender ao público da Copa do Mundo, o que seria um dos motivos para a licitação.

O presidente da TCB, Carlos Koch, disse à Agência Brasil que a resposta ao TCDF será dada na segunda-feira (10). Ele esclareceu que o produto vendido pela Volvo em Curitiba é diferente do comprado pela empresa do DF. “Lá em Curitiba não foi vendido um ônibus completo, só o chassi. Foi um chassi novo, mas de 2011. Aqui, estamos comprando um ônibus completo, com chassi ano 2014, carroceria e tudo”.

Koch explicou que existem outras diferenças entre as duas compras. Os 18 ônibus comprados para Brasília tem como características o piso baixo, câmbio automático e ar condicionado, nenhum dos itens encontrados nos produtos vendidos para a capital paranaense. A montadora sueca vai auxiliar a TCB na resposta ao tribunal, explicando as diferenças nas duas vendas.

O presidente da TCB disse que a troca da frota estava planejada independentemente da Copa do Mundo, mas explicou que fará o máximo para lançar, ao menos, parte da nova frota a tempo do início do torneio. “A empresa fará o possível e o impossível para entregar a tempo. Eu farei o possível para entregar metade [da frota] antes do primeiro jogo”.

Os ônibus da TCB servem à região central de Brasília e ao Aeroporto Juscelino Kubitschek e, durante a Copa do Mundo, transportarão para o estádio os torcedores que estacionarem seus veículos no Parque da Cidade. Quem tiver ingresso, não pagará passagem. A primeira partida em Brasília será no dia 15 de junho.

Tags: contas, distrito, federal, licitação, Tribunal

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.