Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

País

SP: 1º dia de desfiles tem granizo, loucura e superação

Portal Terra

A chuva deixou de ser uma ameaça e marcou presença no Anhembi na madrugada deste sábado, primeira noite de desfiles do Grupo Especial do Carnaval de São Paulo. Até granizo chegou a cair sobre a avenida, mas nenhuma das sete escolas de samba deixou que suas apresentações no sambódromo fossem prejudicadas pelo mau tempo.

Mesmo sobre uma avenida molhada, as escolas conseguiram prevalecer ao mau tempo e exibiram os mais variados assuntos. Em ano de Copa do Mundo, os desfiles foram iniciados com a temática futebolística, exaltaram o passado, brincaram com a loucura e com o imaginário infantil e terminaram com uma pitada de drama e de superação da Tom Maior, após um problema com o abre-alas.

A escola, com sede no mesmo bairro do estádio palco da abertura da Copa do Mundo de 2014, fez o futebol dar o pontapé inicial nos desfiles do Grupo Especial de São Paulo. A Leandro de Itaquera homenageou astros do passado e do presente, mas não se esqueceu de mostrar apoio ao volante cruzeirense Tinga, que foi vítima de racismo recentemente em uma partida no Peru pela Copa Libertadores da América. A escola desfilou sob muita chuva, e em dado momento até granizo caiu sobre a avenida.

Rosas de Ouro

Foi a segunda escola a entrar no Sambódromo do Anhembi. Com a passarela ainda molhada pela chuva, a agremiação apresentou um enredo contemplando o ciclo da vida e exaltando personagens marcantes da história recente. Entre as passagens das diversas fases da vida (infância, adolescência, maturidade e “melhor idade”), a escola ainda colocou Michael Jackson, Elvis Presley e até Zé do Caixão para sambar na avenida.

X-9 Paulistana:

Se de louco todo mundo tem um pouco, como diz o ditado, a X-9 Paulistana abusou. A escola brincou durante toda a sua apresentação com o tema “Insano” e sublinhou a presença marcante da loucura na história e na arte. O refrão “maluco, pirado, doido por você” agitou o sambódromo e deu o tom para homenagens a personagens da literatura como o Chapeleiro Maluco, de Alice no País das Maravilhas, e Dom Quixote de la Mancha, da obra-prima do espanhol Miguel de Cervantes.

Dragões da Real

A agremiação não economizou nostalgia para resgatar as memórias da década de 1980, com o tema "Um Museu de Grandes Novidades". A Dragões da Real lembrou brinquedos como Lego e Pula-Pirata, colocou os personagens Darth Vader (Star Wars) e Coringa (Batman) na passarela e homenageou os roqueiros do Kiss e o astro pop Michael Jackson. Alguns dos personagens principais do desfile da escola, porém, já haviam sido lembrado pela Rosas de Ouro.

Acadêmicos do Tucuruvi

A quinta escola da noite transformou o Sambódromo do Anhembi em um mundo encantado. A Acadêmicos levou à avenida o enredo "Uma Fantástica Viagem pela Imaginação Infantil”, fazendo com que duendes, reis, rainhas, fadas e super-heróis ganhassem espaço na folia paulistana, mas sem deixar de citar também temas importantes para o desenvolvimento dos pequenos: ciência, tecnologia e alimentação saudável. Rainha de bateria, Livia Andrade se descuidou em certo momento e deixou o seio direito à mostra na concentração.

Vai-Vai

A tradicional escola do bairro do Bixiga, região central de São Paulo, prestou homenagem à cidade de Paulínia, importante polo petroquímico da América Latina e localizada a aproximadamente 120 km da capital. A agremiação destacou a importância econômica do município e não deixou de citar o lado cultural de Paulínia, que nos últimos anos sediou a filmagem de vários filmes do cinema brasileiro – dentre eles, Tropa de Elite 2 e Ensaio Sobre a Cegueira.

?Tom Maior

Com o dia já raiando no Anhembi, a escola passou por apuros antes de iniciar o desfile: o abre-alas enguiçou e atrasou a entrada na avenida. A comissão de frente pisou na passarela quando o cronômetro já marcava 9min, enquanto o carro, com uma solução improvisada a partir de cordas e empilhadeiras, só entrou no sambódromo quatro minutos depois. Apesar do atraso, a Tom Maior, que homenageou Foz do Iguaçu em seu enredo, conseguiu concluir a apresentação dentro do tempo regulamentar. O feito emocionou os integrantes da agremiação, e muitos deles choraram na dispersão. 

Tags: Avenida, Carnaval, folia, Rio, samba

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.