Jornal do Brasil

Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

País

Morte de taxista gera protestos em SC e categoria ameaça parar no Carnaval

Portal Terra

O assassinato de um taxista a facadas, durante a madrugada deste sábado, revoltou a categoria, gerou protestos e pode fazer com que a cidade de Florianópolis (SC) permaneça sem boa parte da frota durante o Carnaval. Robson Tiago Andrade, 30 anos, teria sido morto por um casal que pediu uma corrida até a região da vila Aparecida, na área continental da capital. Ao chegarem na BR-282, logo após a saída das pontes, os dois suspeitos anunciaram o assalto e desferiram várias facadas no taxista. 

Mais de 200 representantes do serviço de táxi de Florianópolis se reuniram diante do hospital Celso Ramos desde as 7h, quando a morte do rapaz foi anunciada. O grupo seguiu em carreata pelo centro da cidade e na região onde ocorreu o crime.

Muitos taxistas ameaçam não trabalhar durante as noites de Carnaval devido à questão de segurança. A Polícia Civil investiga o caso, mas até o início da tarde deste sábado não tinha pistas dos autores do assassinato.

Tags: Florianópolis, morte, motorista, polícia, protestos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.