Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

País

Camarote embargado de Ronaldinho Gaúcho devia mais de R$ 100 mil

Portal Terra

Os recentes embargos aos camarotes do jogador Ronaldinho Gaúcho e o Bahia Mix, ambos no circuito Dodô (Barra-Ondina), "não são ocorrências comuns no Carnaval", segundo Sílvio Pinheiro, da Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município, em entrevista coletiva realizada na manhã deste sábado (1). Os dois camarotes foram interditados nesta sexta-feira (28) pela prefeitura de Salvador (BA).

Em balanço parcial do Carnaval, o superintendente explica que os embargos aconteceram por falta de pagamento. "O que costuma ocorrer é os camarotes pagarem seu licenciamento até a quarta anterior ao início da folia." 

As dívidas dos dois camarotes fechados pela fiscalização da prefeitura chegaram a quase 140 mil reais, entre ISS e taxas de licenciamento. “A fiscalização chegou ao camarote de Ronaldinho às 18h30, embargando a abertura. Eles deviam taxas de ISS, Limpurb e Transalvador. Já o Bahia Mix estava aberto e tivemos que realizar a desocupação. Ambos efetuaram pagamento e foram liberados para funcionar", completou.

A quantia exata para o camarote de Ronaldinho foi de R$ 108. 960,66. Já o Bahia Mix devia R$ 26.359 em taxas. Ainda de acordo com o superintendente, até agora apenas a boate Caverna, na Carlos Gomes, foi embargada pela Sucom por problemas de infraestrutura. 

Tags: Avenida, camarote, Carnaval, folia, r10, Rio, samba

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.