Jornal do Brasil

Domingo, 26 de Outubro de 2014

País

Plataforma aderna em Campos, mas Petrobras diz que não há risco de afundar

Agência Brasil

Uma plataforma da empresa Noble, que está a serviço da Petrobras, adernou na madrugada de hoje (28) na Bacia de Campos. Segundo a assessoria de imprensa da Petrobras, uma equipe de contingência está neste momento no local tentando estabilizar a plataforma SS-53.

Ainda de acordo com a assessoria de imprensa, não há risco de afundamento. A Petrobras não deu mais detalhes sobre o incidente. Segundo o diretor do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense (Sindipetro-NF), Vitor Carvalho, a SS-53 é uma sonda de perfuração de poços, mas há informações de que ultimamente ela era usada como alojamento para pessoal que trabalha na manutenção de unidades de produção em alto-mar.

“Ela teria sofrido um descontrole e adernou. Durante a madrugada, recebemos informações de que o pessoal não afeito à área técnica da plataforma foi evacuado. Só o pessoal técnico da Noble permaneceu”, disse Vitor.

A plataforma foi construída em 1998 e está registrada sob a bandeira da Libéria, país da África ocidental.

Tags: inclinação, noble, Petróleo, sonda, ss-53

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.