Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Julho de 2014

País

Mensalão: veja como ficaram as penas sem os crimes de quadrilha

Jornal do BrasilLuiz Orlando Carneiro

José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil

Pena atual - 10 anos e 10 meses, em regime fechado, por corrupção

ativa e formação de quadrilha.

Como ficou - 7 anos e 11 meses, em regime semiaberto.

José Genoino (PT-SP), ex-deputado e ex-presidente do partido

Pena atual - 6 anos e 11 meses e multa, em regime semiaberto, por

corrupção ativa e formação de quadrilha.

Como ficou - 4 anos e 8 meses, em regime semiaberto.

Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT

Pena atual - 8 anos e 11 meses, em regime fechado, por corrupção ativa

e formação de quadrilha.

Como ficou - 6 anos e 8 meses, em regime semiaberto.

Marcos Valério, operador do mensalão

Pena atual - 40 anos, 4 meses e 6 dias, em regime fechado, por

corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e

formação de quadrilha.

Como ficou - 37 anos e 5 meses e 6 dias , em regime fechado.

Cristiano Paz, ex-sócio de Marcos Valério

Pena atual - 25 anos, 11 meses e 20 dias, em regime fechado, por

corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro e formação de

quadrilha.

Como ficou- 23 anos, 8 meses e 20 dias, em regime fechado.

Ramon Hollerbach, ex-sócio de Marcos Valério

Pena atual - 29 anos, 7 meses e 20 dias, em regime fechado, por

corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e

formação de quadrilha.

Como ficou- 27 anos, 4 meses e 20 dias, em regime fechado

Simone Vasconcelos, ex-funcionária de Valério

Pena atual - 12 anos, 7 meses e 20 dias, em regime fechado, por

corrupção ativa, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. A condenação

por formação de quadrilha teve a pena prescrita, mas ela recorreu

mesmo assim.

Como ficou- 12 anos, 7 meses e 20 dias, em regime fechado.

Kátia Rabello, ex-presidente do Banco Rural

Pena atual - 16 anos e 8 meses, em regime fechado, por lavagem de

dinheiro, gestão fraudulenta, evasão de divisas e formação de

quadrilha.

Como ficou - 14 anos e 5 meses, em regime fechado.

José Roberto Salgado, ex-dirigente do Banco Rural

Pena atual - 16 anos e 8 meses, em regime fechado, por lavagem de

dinheiro, gestão fraudulenta, evasão de divisas e formação de

quadrilha.

Como ficou - 14 anos e 5 meses, em regime fechado.

Tags: condenado, julgamento, Mensalão, STF, Supremo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.