Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

País

Gleisi critica Barbosa por sugerir 'trama conspiratória'

Portal Terra

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), ex-ministra da Casa Civil, rebateu nesta quinta-feira afirmações do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, por ter acusado uma “maioria circunstancial” da Corte a “jogar por terra” uma decisão tomada durante o julgamento do mensalão em 2012. Para a ministra, Barbosa insinuou que o processo de escolha de ministros do Supremo carece de seriedade e responsabilidade.

“Estaria a sua indicação também sujeita à suspeição? O processo de escolha dos membros do STF é constitucional, vale para todos e está consolidado na história da República”, disse Gleisi, no plenário do Senado, em referência à indicação de Barbosa pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2003.

Último a votar no julgamento dos embargos infringentes, Barbosa criticou a decisão da maioria dos ministros por terem derrubado a condenação de réus pelo crime de formação de quadrilha. Sem citar o processo de indicação de ministro, disse ter sido criada uma “maioria de circunstância” e “sob medida” para derrubar um “trabalho primoroso” feito durante o julgamento.

“Lamenta-se que o Presidente do Supremo, resultado de processo semelhante, sugira uma trama conspiratória do Poder Executivo e do Poder Legislativo para indicações do Supremo Tribunal Federal e de outras Cortes de Justiça do País. É um dia triste, triste sim, para a democracia brasileira por conta das declarações do senhor presidente do Supremo Tribunal Federal”, afirmou Gleisi.

Tags: federal, julgamento, Mensalão, Supremo, Tribunal

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.