Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

País

Greve de ônibus em Curitiba não afeta obras na Arena

Portal Terra

Em assembleia realizada na noite de terça-feira, motoristas e cobradores de ônibus de Curitiba e região metropolitana decidiram pela paralisação total do transporte coletivo a partir da 0h desta quarta-feira. A decisão contraria determinação do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª região, que obrigava que 70% da frota fossem mantidas nos horários de pico e 40% nas demais. O sindicato que representa a categoria disse que não poderia cumprir a medida porque ainda não havia sido notificado.

A paralisação, entretanto, não afetou as obras na Arena da Baixada. A maioria dos operários estava presente no estádio para continuar a reforma no local, que precisa de ritmo acelerado para concluir o palco paranaense para a Copa do Mundo de 2014 – o mais atrasado até aqui, com 91%.

Devido à logística feita pelas empreiteiras encarregadas na reforma da Arena, com a utilização de carros e vans, o percentual de falta ficou abaixo de 20%. Fora isso, o número de operários que moram nas proximidades do estádio facilitou nesse número baixo de ausência.

Tags: atrasos, CONSTRUÇÃO, Copa, Curitiba, estádios

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.