Jornal do Brasil

Domingo, 20 de Abril de 2014

País

Carnaval é suspenso em Porto Velho devido às fortes chuvas

Agência Brasil

A prefeitura de Porto Velho, em Rondônia, decretou a suspensão do carnaval na cidade entre os dias 1º a 4 de março. Segundo a prefeitura, a suspensão deve-se à situação de emergência decretada pelo município devido às fortes chuvas e enchentes e “o comprometimento da capacidade de atendimento do poder público às necessidades temporárias excepcionais provocadas por esses acontecimentos”.

De acordo com a prefeitura, os desfiles das escolas de samba e as atividades dos diversos blocos pelas ruas da capital estão suspensos, mas deverão ser realizados em outro momento, em data a ser acertada com os representantes das agremiações carnavalescas.

O nível do Rio Madeira continua subindo e atingiu hoje (25) a marca dos 18,5 metros. No total, 27 escolas ribeirinhas e 16 urbanas se transformaram em abrigos improvisados. Aproximadamente 7 mil alunos estão sem aula na capital rondoniense. Segundo o Corpo de Bombeiros 1.818 famílias foram afetadas pelo mau tempo no estado.

No Acre, também houve mudanças na programação do carnaval na capital Rio Branco, devido às enchentes dos rios Acre e Madeira. Os blocos que se apresentam no estacionamento do Estádio Arena da Floresta foram cancelados entre 1º e 4 de março, mas o carnaval nos bairros foi mantido.

“Se fevereiro chover muito teremos uma situação agravada. Porto Velho cancelou o carnaval em função da cheia do rio e da alagação. A medida mais prudente que tomamos é cancelar o carnaval na Arena da Floresta”, afirmou o governador do Acre, Tião Viana, que anunciou a proposta de realizar carnaval fora de época em maio.

O prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, ressaltou que todo aparato do governo estadual e da prefeitura está mobilizado para auxiliar as famílias afetadas pelas enchentes e dar atenção às áreas de risco. “Estamos com monitoramento permanente em alguns bairros e, diante disso, não teríamos condições de fazer uma grande festa. Acho a decisão muito acertada”, disse o prefeito.

De acordo com o último balanço, o nível do Rio Acre alcança 13,78 metros. O abrigo público, montado pela prefeitura de Rio Branco, no Parque de Exposições, tem 1.308 pessoas desalojadas.

 

Tags: ACRE, capital, enchentes, folia, ruas, suspensão

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.