Jornal do Brasil

Domingo, 26 de Outubro de 2014

País

Roubos em São Paulo aumentam 41,7% e preocupam o governo

Portal Terra

O número de roubos registrados na cidade de São Paulo subiu 41,7% no mês de janeiro em comparação ao mesmo mês do ano passado, segundo dados divulgados na Secretaria de Segurança Pública (SSP) nesta segunda-feira. Ao todo, o número de roubos foi de 13.416 no primeiro mês deste ano, contra 9.463 em 2013.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, os roubos se tornaram a principal a principal preocupação do Estado. “Subiram 32% no Estado. Este aumento precisa ser interpretado diante de um fato novo que passamos a viver em novembro, que foi o registro de ocorrência de roubos via internet. De lá pra cá esses registros feitos pela internet representam 31% do total de ocorrência. A internet que foi disponibilizada permitiu que um número maior de vítimas passasse a fazer os registros”, disse.

A novidade citada pelo secretário foi a implantação de um site capaz de receber denúncias anônimas de crimes com a mesma filosofia do Disque Denúncia. Com o Web Denúncia, a população passou a ter a possibilidade de efetuar denúncias – de maneira anônima - de crimes como tráfico de drogas, homicídio, latrocínio, sequestro, roubou e furto de veículos.

De acordo com Grella, “uma pesquisa recente demonstrou que 64% das vítimas de roubo não notificam a policia” e que esse aumento pode representar “em grande parte uma redução da subnotificação”.

A capital também registrou aumento no número de roubo de carros em 2014. Segundo o levantamento, 4.635 veículos foram roubados em janeiro deste ano, contra 3.776 no mesmo período do ano passado. Ainda foram registrados 445 roubos de carga (contra 340 em 2013) e 10 roubos a banco (contra 7 no ano passado).

Em todo o Estado, foi registrado (entre todas as categorias) 36.998 roubos em janeiro de 2014, contra 28.591 crimes do mesmo tipo em janeiro do ano passado. O aumento em escala global foi de 29%, segundo a SSP.

Tags: crime, estatística, pública, segurança, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.