Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

País

Polícia investiga morte de professor durante operação em MG

Portal Terra

Um professor de 31 anos está em os 10 mortos em uma operação policial contra uma quadrilha especializada em roubos a caixas eletrônico em Itamonte (MG) na madrugada de sábado. Segundo informações da Polícia Civil mineira, Silmar Madeira teria sido rendido pelo bando na tentativa de realizar a fuga com o seu veículo. Ele acabou morrendo no meio da troca de tiros entre policiais e bandidos.

Segundo a Polícia Civil, o caso está sendo investigado. Não há informações sobre a autoria do disparo que matou o professor. 

Nove pessoas foram mortas na operação conjunta de polícias de Minas Gerais, São Paulo e federal na madrugada de sábado. Mais um suspeito de ser integrante da quadrilha foi morto na noite de domingo, após sequestrar um taxista para roubar o carro dele e fugir. 

Os homens seriam integrantes de uma quadrilha especializada e participaram da explosão de um caixa eletrônico na cidade por volta das 2h. A polícia agiu, e houve troca de tiros entre policiais e os suspeitos, que haviam deixado São Paulo para assaltar caixas eletrônicos em cidades do sul de Minas, conforme a assessoria da Polícia Civil do Estado. Um policial civil foi baleado no braço durante a ação, mas não corre risco de morrer. Com a quadrilha, foram apreendidos fuzis, pistolas e bananas de dinamite.

A polícia seguia os passos da quadrilha e apurou que os criminosos pretendiam voltar a atacar Itamonte e outras cidades na região entre os dois Estados. O grupo estava sendo monitorado há aproximadamente dois meses. Cerca de 15 deles saíram armados de São Paulo em sete carros, conforme a Polícia Civil de Minas Gerais, e foram acompanhados por policiais durante o caminho. Mais de 150 agentes participaram da operação. Quando chegaram à cidade, os bandidos explodiram um caixa eletrônico, mas logo foram surpreendidos e começou um tiroteio.

Na troca de tiros, nove suspeitos morreram, cinco foram presos (entre eles, três ficaram feridos) e um conseguiu fugir e está sendo procurado. Os sete veículos utilizados pela quadrilha foram apreendidos.

Além de roubar os cinco caixas eletrônicos de Itamonte, a quadrilha planejava dominar o pelotão da Polícia Militar local, segundo explicou o titular da Delegacia de Investigações sobre Roubo a Bancos de São Paulo (Deic), delegado Fábio Pinheiro Lopes. Um dos confrontos se deu perto da unidade da PM, onde suspeitos também foram mortos.

Tags: Assalto, crime, MINAS, morte, professor

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.