Jornal do Brasil

Sexta-feira, 22 de Agosto de 2014

País

MP do Paraná investiga fraudes no ponto eletrônico do Porto de Paranaguá

Agência Brasil

A 4ª Promotoria de Justiça de Paranaguá, no litoral do Paraná, investiga possíveis fraudes no controle do ponto biométrico dos servidores do Porto de Paranaguá. O Ministério Público Estadual (MPE) e a Polícia Federal (PF) apreenderam na última sexta-feira (21) 25 moldes de silicone, correspondentes aos dedos de 14 funcionários da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina. Os moldes eram usados para bater o ponto de servidores que não compareciam para trabalhar.

Os funcionários relacionados aos moldes apreendidos já foram identificados e as investigações prosseguem para a identificação de todos os envolvidos, que futuramente poderão ser responsabilizados no âmbito civil, por ato de improbidade administrativa, e criminalmente, por formação de quadrilha, falsidade ideológica e peculato, entre outros.

Segundo a administração do porto, já está sendo feito um levantamento das imagens das câmeras de segurança dos locais onde os funcionários batiam o ponto. O processo corre em segredo de Justiça, e o MPE prevê que em 30 dias tenha concluído as investigações preliminares.

 

Tags: estadual, Fraudes, Ministério, pontos, público

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.