Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

País

Serra: economia não está em situação calamitosa

Declaração se contrapõe ao que vem pregando Aécio

Jornal do Brasil

Os economistas do PT ficaram livres do trabalho de desmentir as constantes declarações do senador Aécio Neves, candidato do PSDB à Presidência da República, sobre a economia brasileira. O ex-governador e candidato – até o momento – a deputado federal pelo mesmo PSDB, José Serra, afirmou nesta quinta-feira (20), durante uma teleconferência com a participação de vários economistas, que a situação econômica do país não é “calamitosa” e "nem há descontrole inflacionário".

A declaração de Serra não esclarece se ele fez a afirmação como economista ou como pretenso candidato ao Palácio do Planalto. Segundo participantes da teleconferência, o ex-governador de São Paulo disse que não via a situação econômica do Brasil de forma tão calamitosa quanto se divulga. De acordo as declarações de Serra, não há um quadro de tranqüilidade, mas também não há esse alarde que estão fazendo.

José Serra afirmou ainda aos participantes do debate que não há descontrole inflacionário, numa clara contraposição ao que Aécio vem pregando desde que começou sua pré-campanha no ano passado. O senador mineiro vem usando o descontrole dos preços como arma de campanha para desgastar a política econômica da presidente Dilma. Para completar, Serra disse também que não há descontrole na área fiscal do governo federal. Segundo ele, há uma perda de manobra na área fiscal, mas não há uma perspectiva de descontrole e muito menos de calote.

Com relação ao Produto Interno Bruto (PIB), outro ponto que Aécio vem usando para bater na política econômica, Serra disse que não chega a ser uma tragédia. Na palestra ele afirmou que o PIB por habitante, se crescer 2% este ano, “em termos per capita ficará em 1,2% e não será um desempenho negativo. Não chega a ser uma tragédia. Nada brilhante, nada desastroso”, disse ele.

Em relação a Dilma, no entanto, Serra não foi condescendente e disse que a presidente atrapalha mais do que ajuda. Afirmou que ela não entende de economia e quando se manifesta sobre o tema prejudica mais o país do que ajuda. 

Tags: alarde, calote, descontrole, economia, Senador

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.