Jornal do Brasil

Sábado, 23 de Agosto de 2014

País

PMs são presos acusados de estimular operação tartaruga no DF

Agência Brasil

Doze policiais militares do Distrito Federal foram presos suspeitos de estimulares colegas a participarem da operação tartaruga em protesto contra o reajuste de salários propostos pelo governo. Segundo a assessoria de imprensa da corporação, um oficial e 11 praças foram presos sob acusação de insubordinação, críticas ao comando e desobediência.

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, assinou na terça-feira dois decretos que reajustam os valores dos auxílios alimentação e moradia dos policiais e bombeiros militares da ativa e aposentados do DF. 

O auxílio-alimentação dos militares do DF, a partir de 1º de maio, será R$ 850 e o auxílio-moradia terá um pagamento feito em três etapas, sempre no mês de setembro a partir deste ano. Com os reajustes dos benefícios, um soldado terá remuneração total de R$ 7.190,98 (aumento de 21,66%), um subtenente, R$ 12.104,90 (20,48%) e um coronel de R$ 21.721,13 (20,24%).

Tags: Brasília, militares, paralisação, policiais, prisões

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.