Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

País

Companheiro de cela de prefeito de Coari teria sido visto jantando em pizzaria

Jornal do Brasil

A informação de que um companheiro de cela do prefeito de Coari, Adail Pinheiro, teria sido visto à noite numa pizzaria, apesar de cumprir regime semiaberto, acendeu o sinal de alerta na CPI da Exploração Sexual. A preocupação é de que, como o companheiro que teria conseguido sair à noite mesmo estando preso, Adail também possa vir a conseguir este tipo de privilégio.

Integrantes da CPI se reuniram nesta sexta-feira (21/2) com o presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas, em Manaus, desembargador Ari Moutinho, para alertar sobre o caso. Adail Pinheiro é acusado de chefiar uma rede de exploração sexual de crianças e adolescentes. 

A CPI também vai procurar o Ministério Público do Amazonas para pedir a intervenção no município de Coari. Nos depoimentos que a CPI ouviu na quinta-feira (20), testemunhas relataram que vêm sofrendo atentados, inclusive tendo suas casas alvejadas por tiros. E algumas testemunhas disseram que o prefeito Adail Pinheiro oferecia até mais de R$ 2 mil para meninas que trouxessem mais uma garota para ele aliciar.

Tags: Amazonas, coari, cpi, exploração, meninas, sexual

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.