Jornal do Brasil

Sexta-feira, 1 de Agosto de 2014

País

PAC 2: obras de saneamento já beneficiam 7,6 milhões de famílias

Agência Brasil

O balanço de três anos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) indica que, no Eixo Cidade Melhor, foram concluídas 877 ações em saneamento e 3.398 obras foram contratadas, das seleções feitas no período entre 2007 e 2009. O total de investimentos, informaram os técnicos, alcança R$ 25 bilhões, beneficiando, aproximadamente, 7,6 milhões de famílias. A partir de 2011, foram selecionados mais de 4 mil empreendimentos de saneamento, dos quais 54% estão contratados.

No Eixo Mobilidade, nesses três anos do PAC 2, foram finalizados sete empreendimentos, informaram os técnicos. Em 2013, foram concluídos o trem urbano de São Leopoldo a Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul; o aeromóvel em Porto Alegre, também no estado; o Boulevard Arrudas, em Belo Horizonte; o trem urbano em Salvador; e as linhas oeste e leste do metrô de Fortaleza. O governo informou ainda que estão em execuções obras de 16 sistemas BRTs (do inglês bus rapid transit) além de sete corredores de ônibus, um monotrilho e um trem urbano, entre outros.

No Eixo Comunidade Cidadã, foram construídas, em 2013, 1.404 unidades básicas de Saúde (UBS), 14 unidades de Pronto-Atendimento (UPA), 223 creches e pré-escolas, 481 quadras esportivas nas escolas e 22 centros de Artes e Esportes Unificados (CEU).

O Eixo Minha Casa, Minha Vida (MCMV) concluiu empreendimentos no valor de R$ 328,1 bilhões. O MCMV entregou 1,51 milhão de moradias, beneficiando mais de 5 milhões de brasileiros, o que equivale à região metropolitana de Belo Horizonte, terceira maior do país. Outro dado divulgado é que as contratações somam, ao todo, 3,24 milhões de unidades, sendo 2,24 milhões de moradias contratadas no MCMV2.

No Eixo Água e Luz para Todos, o Programa Luz para Todos fez mais de 455 mil ligações até dezembro de 2013, levando energia elétrica para cerca de 1,8 milhão de pessoas que vivem no campo, em assentamentos da reforma agrária, aldeias indígenas, comunidades quilombolas e ribeirinhas. Desse total, mais de 170 mil pessoas são beneficiárias do Programa Brasil Sem Miséria.

O balanço do PAC 2 indica ainda que, na área de recursos hídricos, foram concluídos 25 empreendimentos, 50 sistemas de esgotamento sanitário e sistemas de abastecimento em 202 localidades. O Projeto de Integração do Rio São Francisco está com todos os lotes dos eixos Norte e Leste em obras, empregando mais de 8.700 trabalhadores e mobilizando cerca de 2.700 máquinas nos estados do Ceará, da Paraíba e de Pernambuco. Quando concluída, garante o governo, levará água a cerca de 12 milhões de pessoas.

Tags: aceleração, casas, crescimento, econômico, programa, urbanismo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.