Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

País

Em greve, servidores dos Correios recebem Dilma no Piauí

Portal Terra

A presidente Dilma Rousseff desembarcou por volta das 10h desta terça-feira em Teresina, onde anuncia investimentos em mobilidade e contra a seca no Piauí. Ao chegar no aeroporto Petrônio Portela, Dilma foi recepcionada por um grupo de grevistas dos Correios, parados há 20 dias em protesto contra mudanças no plano de saúde dos servidores. A presidente, que antes seguiria de carro até o Atlantic City Club, no bairro São João, mudou o roteiro e agora segue de helicóptero até o local do evento.

Os grevistas receberam a presidente com faixas na entrada do aeroporto. O presidente do Sindicato dos Correios do Estado do Piauí, José Rodrigues, diz que a manifestação é pacífica e tem como objetivo chamar atenção de Dilma para a paralisação. "Queremos sensibilizar a presidente Dilma para a nossa causa, queremos que ela abra um canal de negociação com a categoria", afirmou ele. Os grevistas estão descontentes com a mudança no plano de saúde, que antes era administrado pela empresa e agora deve ser gerido pela iniciativa privada.

Dilma vai anunciar recursos de cerca de R$ 700 milhões do PAC Mobilidade Urbana para a urbanização em Teresina e, além da entrega de 40 máquinas do Ministério de Desenvolvimento Agrário, serão anunciados recursos para a construção de 29 mil cisternas para o combate à seca.

Presidente tenta unir PT e PMDB no Piauí

Na capital piauiense, a presidente tenta unir PT e PMDB, que estão hoje em palanques diferentes mirando o governo do Estado com a pré-candidatura do senador Wellington Dias (PT) e do deputado federal Marcelo Castro (PMDB). Os dois pré-candidatos estiveram presentes no avião da presidente, compondo a comitiva que acompanha ela em Teresina.

Tags: correios, grevistas, mudanças, Plano, SAÚDE, servidores

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.