Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Setembro de 2014

País

Palácio Campo das Princesas reabre ao público no Recife

Jornal do Brasil

Um recorte importante da história de Pernambuco foi entregue à população pelo governador Eduardo Campos. O Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo do Estado, teve sua restauração finalizada. O projeto resgatou os aspectos originais do edifício, que é do século XIX, resgatando, inclusive, as suas primeiras cores. "Com a restauração, descobrimos novos espaços e ainda adequamos o local às novas regras de acessibilidade", destacou o governador, durante o evento de reabertura.

O projeto, que contempla a restauração e modernização de todo o complexo, foi orçado em R$ 30,6 milhões e contou com o patrocínio das empresas OI, Fiat, Bradesco, Construtora Odebrecht, Banco Pactual e Chesf. É importante ressaltar que todos os recursos aplicados na obra foram captados pelo Governo de Pernambuco, através da Lei Rouanet.

Eduardo explicou que o projeto começou ainda em 2011, quando uma equipe de pesquisadores iniciou uma busca, com vários profissionais, para verificar as transformações que o prédio havia sofrido com o passar dos anos. "Durante a pesquisa, nós descobrimos que a mais importante intervenção que o edifício tinha sofrido foi durante a década de 1920, quando o prédio ganhou o segundo andar. Então, o objetivo desse projeto foi recolocar o Palácio como era no início do século passado", explicou o governador.

Eduardo ressaltou que os quatro outros prédios anexos serão entregues até dezembro deste ano. Além da reforma do edifício principal, todas as obras de arte e os móveis do Palácio foram recuperados. O projeto de restauração do Palácio do Campo das Princesas foi aprovado pelo IPHAN/PE e FUNDARPE, elaborado pelo escritório de arquitetura GRAU e pelo atelier de restauração GRIFO, e executado pela Velatura Restaurações, com apoio da Fundação Roberto Marinho.

Antes da cerimônia, o prédio recebeu uma benção do Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido. Além disso, o governador reuniu um grupo de convidados e fez a primeira visita oficial ao local. "Para que essa obra fosse finalizada com sucesso, foi necessário o esforço de 500 pessoas durante um ano e seis meses. Além disso, 50 jovens pernambucanos foram treinados na arte do restauro. Deste total, 40 estão empregados", completou o governador.

A acessibilidade também foi contemplada pelo projeto. Foram instalados dois novos elevadores, enquanto os outros dois originais foram renovados e modernizados. Além disso, foram construídas rampas de acesso, banheiros acessíveis e um sistema de comunicação para pessoas com deficiência visual e auditiva. "Também foi feito um projeto de eficiência energética, ou seja, esse prédio reformado vai economizar muito mais energia", lembrou o governador.

A população poderá visitar o Palácio a partir do próximo dia 20/02, uma quinta-feira, em dois horários: das 9h às 11h e das 14h às 16h. As visitações serão agendadas pelo e-mail visitapalacio@governadoria.pe.gov.br. Cada visita terá o limite de 75 inscrições. "Antes de ser restaurado, esse já era o local mais visitado da Cidade do Recife. Agora, de fato, vai bater todos os recordes", garantiu o prefeito do Recife, Geraldo Julio. 

Tags: Governo, Obras, Pernambuco, restauração, Sede

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.