Jornal do Brasil

Terça-feira, 21 de Outubro de 2014

País

Ministro inaugura centro para inclusão de pessoas com deficiência

Jornal do Brasil

O ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, participou na manhã desta sexta-feira (14) da inauguração do Centro de Profissionalização para pessoas com Deficiência (CEPID), em Fortaleza (CE). O Centro será referência na formação profissional, intermediação e inserção no mercado de trabalho desse segmento, que representa quase 28% da população cearense. 

O novo centro é  o maior do Norte e Nordeste e tem capacidade para atender 1.200 jovens e adultos e dispõe de unidade de atendimento do Sine/CE na própria unidade, com estrutura de salas de aulas e laboratórios adaptados para capacitação nas áreas de informática, telemarketing, hotelaria, comércio e serviços administrativos, confecção e moda inclusiva. Ele também possui completa infraestrutura para atendimento das pessoas com deficiência, como academia de baixo impacto, auditório, piscina e quadra poliesportiva acessíveis para paraesportistas de diversas modalidades: natação, basquete, futsal e tênis de mesa; e salas de convivência com cafeteria. "É dignificante inaugurar uma estrutura que tem a finalidade de qualificar trabalhadores, principalmente para o público que aqui será formado", ressaltou o ministro.

O Ministério do Trabalho fiscaliza o cumprimento da Lei de Cotas (art. 93 da Lei nº 8.213/91) que estabeleceu a obrigatoriedade às empresas com cem (100) ou mais empregados  preencherem uma parcela de seus cargos com pessoas com deficiência, em proporções que variam de acordo com o número de empregados: de 100 a 200, a reserva legal é de 2%; de 201 a 500, 3%; de 501 a 1.000, de 4%; e acima de 1.001, de 5%.

Mais cedo, o ministro participou de um café da manhã promovido pela Câmara de Diretores Lojistas de Fortaleza (CDL). A entidade é parceira do MTE na qualificação de trabalhadores na área de comércio e serviços. Sua direção apresentou ao ministro um projeto que pretende qualificar, em 2014, cerca de 440 trabalhadores em cursos promovidos pelo Pronatec. "Vamos dar encaminhamento à solicitação de cursos de qualificação por meio de uma parceria com o Ministério da Educação", afirmou o ministro. Desde 1999, a CDL já qualificou mais de 11 mil trabalhadores em convênios com o ministério.

Tags: deficientes, Ministério, postos, pronatec, Trabalho

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.