Jornal do Brasil

Sexta-feira, 1 de Agosto de 2014

País

Dilma visita Arena da Amazônia e anuncia investimentos em mobilidade

Agência Brasil

Ações de habitação, mobilidade urbana e esporte serão anunciadas hoje (14) pela presidenta Dilma Rousseff em Manaus. Além de anunciar investimentos em mobilidade urbana e entregar casas do Programa Minha Casa, Minha Vida, ela visita a Arena da Amazônia, sede de jogos da Copa do Mundo deste ano.

De manhã, 5.384 unidades habitacionais do Minha Casa, Minha Vida serão entregues por Dilma e pelo ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro. As novas casas vão compor o Residencial Viver Melhor 2, na capital amazonense, destinado a famílias com renda máxima de R$ 1.600. De acordo com o governo do estado, a segunda etapa do conjunto habitacional contou com investimentos de R$ 272,6 milhões do governo federal e R$ 40,7 milhões do estadual.

No conjunto residencial, a presidenta anuncia investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2 para a mobilidade urbana. Além de R$ 93 bilhões, o governo federal liberou mais R$ 50 bilhões para a solução de problemas decorrentes do trânsito nas grandes cidades, após as manifestações de junho de 2013 que pediram melhorias no transporte urbano.

Apesar dos repasses, a obra do monotrilho não vai conseguir ficar pronta a tempo da Copa e foi retirada da Matriz de Responsabilidades do Mundial. Já a Arena da Amazônia, que tem 96,95% das obras concluídas, receberá a visita de Dilma no período da tarde.

O governador do Amazonas, Omar Aziz, participa da visita. Na última quarta-feira (12), Aziz e o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, estiveram na arena. Domingo (18), será a vez de o secretário geral da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Jérôme Valcke, vistoriar o local.

Ainda na cidade, Dilma participa da inauguração do barco-escola Samaúma 2, que vai percorrer o rio do Amazonas com o objetivo de oferecer educação profissional aos moradores de cidades ribeirinhas. Desde 1979, o Samaúma 1 fornece, em suas instalações, oficinas de marcenaria, panificação, confeitaria, mecânica e informática.

O projeto é promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) no Amazonas e conta com o apoio da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Após o evento, a presidenta embarca com destino a Brasília, com previsão de chegada às 21h30 (horário de Brasília).

Tags: Amazônia, Copa, estádio, futebol, presidente, transporte

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.