Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

País

SP: falha em freio seria causa de acidente com ônibus e táxi

Portal Terra

Uma falha no freio em um dos ônibus pode ter sido a causa do acidente que deixou dois mortos e oito feridos na manhã desta quarta-feira na zona sul da capital paulista. A colisão envolveu dois ônibus e um automóvel Corolla na avenida Vereador José Diniz, na altura do cruzamento da Joaquim Nabuco. "Ao que tudo indica, faltou freio para o ônibus de trás e ocorreu o engavetamento, disse o major da Polícia Militar, Sérgio Watanabe.

"Ele (motorista do ônibus) tentou frear, mas por algum problema mecânico não conseguiu", afirmou a tenente da PM Larissa Cibele, ressaltando que a perícia após a retirada dos ônibus irá verificar se há marcas de freadas nas pistas.  

Segundo os bombeiros, os mortos estavam no Corolla, um táxi executivo. Na batida, o automóvel foi esmagado por um ônibus biarticulado. Os oito feridos levemente foram socorridos para unidades de pronto-socorro. 

Ao gerente da SPTrans Ricardo Rocha Ferreira, o condutor do ônibus biarticulado contou que dirigia, no máximo, a 40 km/h no momento em que atingiu o táxi às 7h10. Segundo Ferreira, o condutor afirmou, "muito abalado", que teria sido fechado pelo Corolla enquanto seguia pelo corredor, onde a velocidade permitida é de 50 km/h. 

De acordo com o gerente da SPTrans, somente a perícia irá esclarecer sobre a possibilidade de um ônibus conseguir "esmagar" outro veículo a uma velocidade de 40 km/h, como afirmada pelo condutor do coletivo. "Isso nós só vamos saber após a perícia. Pedimos, por exemplo, perícia no tacógrafo", relatou.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) recomenda que os motoristas evitem circular na região. Uma faixa da esquerda (corredor de ônibus), tanto no sentido bairro quanto no sentido centro, está interditada. 

Tags: a perícia, com, da, de acordo, esclarecer, irã, o gerente, somente, sptrans

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.