Jornal do Brasil

Terça-feira, 21 de Outubro de 2014

País

Conselho de Comunicação condena atos de violência contra jornalistas

Agência Senado

O Conselho de Comunicação Social do Congresso pretende aprovar na tarde desta segunda-feira (10) uma nota de repúdio aos atos de violência praticados contra comunicadores e profissionais da imprensa em geral. A inciativa partiu da subcomissão do conselho que trata do tema liberdade de expressão, reunida neste momento na sala 6 da ala Nilo Coelho do Senado.

Os conselheiros lamentaram a violência contra o repórter-cinematográfico da TV Bandeirantes Santiago Andrade, alvejado por um rojão enquanto cobria protesto de rua no Rio de Janeiro, semana passada.

"Impossível termos qualquer tipo de parcimônia com esse tipo de agressão", afirmou Alexandre Kruel Jobim, representantes das empresas de imprensa escrita no conselho.

O Conselho de Comunicação é um órgão auxiliar do Congresso, de natureza consultiva, para assuntos relacionados à área de comunicação social. É formado por 13 conselheiros titulares e 13 conselheiros suplentes que representam as categorias empresariais e profissionais ligadas ao setor da comunicação, além de contar com representação específica da sociedade civil.

Tags: Atos, CONGRESSO, protestos, repudio, violência

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.