Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

País

Organizadores de rolezinho tentam acordo com shopping de São Paulo

Agência Brasil

Jovens que promovem os rolezinhos em shoppings da capital paulista tentam um acordo com a administração dos shoppings para que esses encontros possam ocorrer dentro dos centros de compras ou em outros locais. A ideia é que os eventos com grande número de participantes ocorram em parques, em áreas abertas. Os encontros marcados para o interior dos estabelecimentos teriam número menor de participantes.

As propostas foram apresentadas ontem (6) por cinco organizadores de rolezinhos em reunião com o Shopping Metrô Itaquera. Uma assessora da Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial acompanhou a conversa.

A assessoria de imprensa do shopping informou que essa foi uma primeira conversa para tentar entender as expectativas dos jovens. Na próxima reunião, marcada para quinta-feira (13), o estabelecimento terá uma resposta às sugestões apresentadas.

Ontem, outro shopping da zona leste, o Aricanduva, obteve decisão na Justiça para restringir um rolezinho combinado pelo Facebook para este final de semana. O evento foi marcado para amanhã (8) e teve 829 presenças confirmadas na rede social.

O desembargador Rômolo Russo, da 11ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, entendeu que o shopping não tem estrutura para receber multidões com segurança. “A experiência mostra que são poucas as saídas de emergência e que normalmente não há rotas de fuga”, disse. A decisão informa que a medida é para prevenir uma “possível tragédia anunciada”.

Tags: polêmica, rolezinho, são paulo, shopping, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.