Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

País

Morre operário que sofreu acidente em obra da Arena Amazônia

Jornal do Brasil

O operário da Arena da Amazônia que sofreu um acidente, na manhã desta sexta-feira (7), ao tentar desmontar um guindaste usado para obras na cobertura do local, morreu no início desta tarde em um hospital de Manaus. Antônio Martins, um português de 55 anos, foi levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para a unidade de saúde em estado grave.

O operário trabalhava para a empresa Martifer, que presta serviços à Construtora Andrade Gutierrez, responsável pelas obras da Arena da Amazônia, um dos estádios que serão usados na Copa do Mundo de 2014. 

>> Estádio para a Copa estaria sendo construído com trabalho escravo de haitianos

No ano passado, dois trabalhadores morreram durante as obras de construção do estádio de Manaus.

Segundo a assessoria de imprensa da Unidade Gestora do Projeto Copa no Amazonas (UGP Copa), o acidente desta sexta ocorreu ao lado da arena, na área do Sambódromo da capital amazonense, quando trabalhadores operavam um guidaste. De acordo com a UGP Copa, o operário foi levado ao Pronto Socorro 28 de Agosto, em Manaus, e depois transferido para o Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio.

Por causa do acidente, o governador do Amazonas, Omar Aziz, cancelou uma visita que faria hoje ao estádio.

Tags: Copa, guindaste, morte, Mundo, Obras, trabalhador

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.