Jornal do Brasil

Sexta-feira, 22 de Agosto de 2014

País

MG: indiciado suspeito de estuprar e matar universitária em saída temporária

Portal Terra

A Polícia Civil de Minas Gerais confirmou o indiciamento de um homem de 26 anos que, segundo o delegado responsável pelo caso, confessou ter estuprado e matado a universitária Déborah Eliza Magalhães Oliveira, 18 anos, no dia 13 de agosto de 2013 em Itajubá, na região sul do Estado. A jovem voltava da faculdade para casa quando foi abordada.

O delegado Pedro Henrique Bezerra informou, por meio da assessoria de comunicação da corporação, que Benedito Mauro Divino foi indiciado por roubo, estupro e homicídio triplamente qualificado. Um exame de DNA teria apontado que o sêmen encontrado na vítima é do suspeito.

Segundo a Polícia Civil, Divino aproveitou a saída temporária da prisão no Dia do Pais, entre os dias 10 e 16 de agosto, e abordou Déborah quando ela passava próximo a um imóvel em construção onde ele consumia crack. Depois de estuprar e matar a estudante, o homem retornou à cadeia, de onde saiu para cumprir pena em regime aberto no dia 30 de agosto.

Divino já estava preso desde o dia 15 de outubro, por ter cometido outro estupro na cidade. Ele foi reconhecido pela vítima. Após a prisão feita pela Polícia Militar logo após o segundo crime, foi feito o exame de DNA e comprovado a participação dele na morte da estudante. O suspeito responde a pelo menos outros sete processos no Fórum de Itajubá, segundo informações do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Tags: assassino, Civil, indica, jovem, MINAS, polícia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.