Jornal do Brasil

Domingo, 26 de Outubro de 2014

País

Sem ônibus, Porto Alegre usa barco de turismo em rota emergencial

Portal Terra

Em função da greve dos rodoviários, que deixa Porto Alegre sem ônibus há nove dias, a prefeitura da capital gaúcha decidiu recorrer ao transporte hidroviário. Desde a tarde desta terça-feira funciona na cidade uma linha que opera com barcos de turismo que são geralmente usados em passeios pelo Guaíba.

Segundo a prefeitura, a medida é emergencial. A linha hidroviária provisória liga a Ilha da Pintada e a Usina do Gasômetro, na área central de Porto Alegre. As viagens, que começaram às 13h, podem levar, em média, 150 passageiros. Ao todo, estão previstas 16 viagens, com valor de R$ 4.

A greve dos rodoviários foi decidida em assembleia dia 23 de janeiro e começou no dia 27 de janeiro, com os trabalhadores colocando 30% da frota na rua. No dia seguinte, a Justiça determinou que 70% dos ônibus estivessem nas ruas nos horários de pico, o que levou o sindicato a descumprir a decisão e tirar todos os veículos de circulação.

Na última quinta-feira, um acordo provisório foi firmado entre sindicalistas e empresas de ônibus para que parte dos veículos retornasse às ruas por 10 dias, mas os rodoviários decidiram continuar com a greve total. Diante disso, a prefeitura anunciou, no último sábado que, como medida emergencial, as vans escolares estão autorizadas a atender as áreas mais carentes de transporte público desde essa segunda-feira.

Tags: capital, gaucha, justiça, paralisação, rodoviários

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.