Jornal do Brasil

Sábado, 23 de Agosto de 2014

País

Presidente da Câmara não vê quebra de decoro em provocação a Barbosa

Portal Terra

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), afirmou nesta terça-feira que não vê dimensão de quebra de decoro parlamentar pelo vice da Casa, André Vargas (PT-PR). O PSDB encaminhou representação para a Corregedoria da Câmara contra o petista, que repetiu um gesto de presos do mensalão ao lado do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa.

"Não acho que tem essa dimensão. Você pode discutir se foi gentileza ou não se foi cordialidade ou não, mas não tem essa dimensão de quebra de decoro parlamentar", disse o peemedebista. Alves considerou a atitude um protesto de Vargas, que não concorda com o resultado do julgamento do mensalão.

"Acho que foi uma atitude de protesto. Ele e o partido vêm discordando dos procedimentos do Judiciário. Está no direito deles", afirmou.

Tags: . câmara, gesto, Mensalão, réus, vice

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.