Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

Rio

Filho e esposa de Eduardo Coutinho continuam hospitalizados

Agência Brasil

Rio de Janeiro - O cineasta Eduardo Coutinho, de 81 anos, foi encontrado morto neste domingo (2), dentro de casa, no bairro da Lagoa, na zona sul da cidade. A Divisão de Homicídios da Polícia Civil investiga o caso. 

A viúva de Eduardo Coutinho, Maria das Dores, e seu filho Daniel continuam internados no Hospital Municipal Miguel Couto, depois de passarem por cirurgias. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, eles estão na Unidade Intermediária em situação estável mas ainda precisando de cuidados médicos.

Coutinho, a esposa e o filho foram esfaqueados na residência da família, no bairro da Lagoa, ontem (2). O cineasta não resistiu aos ferimentos e morreu no próprio local. Daniel Coutinho está sob custódia da Divisão de Homicídios, suspeito de ter matado o pai e tentado assassinar a mãe. De acordo com a Polícia Civil, depois de esfaquear os pais, Daniel tentou se matar.

O corpo de Eduardo Coutinho está sendo velado no Cemitério São João Batista, na zona sul da cidade do Rio, onde será enterrado às 16h.

Tags: cineasta, cinema, Coutinho, faca, Filho, morte

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.