Jornal do Brasil

Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

País

RS: 'Zorro' alerta povo sobre protestos durante greve no transporte público

Empresário se vestiu como Zorro para pedir presença da Força Nacional em Porto Alegre

Portal Terra

Fantasiado de Zorro, um empresário distribui panfletos e exibe um cartaz alertando sobre possíveis protestos durante a greve dos rodoviários em Porto Alegre. A paralisação, que começou na segunda-feira e afeta diariamente cerca de 1 milhão de pessoas, pode desencadear manifestações como as que levaram às ruas boa parte da população no ano passado, na visão dele – que teme ver repetidas as frequentes cenas de vandalismo e conflito. É como forma de avisar aqueles "com medo do quebra-quebra" que o mascarado, solitário, empunha as palavras – suas armas – em um brado silencioso no Centro.

O cartaz, endereçado ao prefeito José Fortunati (PDT), foi feito com dois objetivos principais: alertar sobre os efeitos de um aumento no preço das passagens – que só será decidido após a divulgação de um relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE) sobre os custos do transporte público, em 12 de fevereiro – e pedir a presença da Força Nacional de Segurança, a fim de evitar eventuais danos ao patrimônio público oriundos de protestos violentos. Nesse último objetivo, mesmo sem saber, ele soma sua voz aos apelos do próprio prefeito, que cogitou recorrer à Força Nacional para garantir a circulação dos coletivos na capital.

"Zorro" foi às ruas de Porto Alegre alertar sobre protestos em meio à greve que afeta o transporte público
"Zorro" foi às ruas de Porto Alegre alertar sobre protestos em meio à greve que afeta o transporte público

"Os cidadãos porto-alegrenses já estão com medo das consequências que virão a acontecer nas ruas da nossa cidade pelo inevitável aumento das passagens dos ônibus. Pedimos, portanto, que o senhor (Fortunati) solicite reforço ao governador Tarso Genro e também à presidenta Dilma para colocar o Exército nas ruas para garantir a nossa segurança e dos comerciantes", escreveu.

Avisado pela reportagem de que Fortunati já havia solicitado à Brigada Militar (a PM gaúcha) que garantisse a abertura das garagens dos ônibus e, inclusive, tinha divulgado que poderia acionar a Força Nacional de Segurança como medida emergencial, o Zorro gaúcho se mostrou contente: "é mesmo? Viu só, e eu nem estava sabendo. Que bom, é a coisa certa a se fazer", destacou ele, que – assim como o personagem original – prefere não ser identificado.

Tags: alerta, Atos, paralisação, rodoviários, RS, vandalismo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.