Jornal do Brasil

Sábado, 19 de Abril de 2014

País

Em 2013, uma pessoa foi morta em assaltos a cada 22 horas em SP

Portal Terra

O Estado de São Paulo registrou em 2013 a morte de 385 pessoas em assaltos. O número é o maior da série histórica desde 2005, quando o número de vítimas passou a ser contabilizado. 

Antes de 2005, eram registrados apenas o número de casos, sem contabilizar o número de vítimas. Em 2004 foram contabilizados no Estado 390 casos de roubo seguido de morte.

Desde 2005, a estatística mostra que o ano com o menor número de registros foi 2010, com 254 mortes em assaltos. A partir daí, os números cresceram para 329 em 2011 e 352 em 2012, até chegar a 385 no ano passado. Na capital, 2013 teve 140 casos de latrocínio, que resultaram em 143 mortes.

Outro número que apresentou crescimento significativo foi o número de roubos de veículos, que saltou de 87.227 no ano passado para 98.227, com crescimento de 13,2%.

A secretaria de Segurança Pública divulgou que, por outro lado, o número de homicídios foi reduzido em 8,2% no Estado, quando 4.439 pessoas foram mortas, totalizando cerca de 12 assassinatos por dia.

Tags: dados, estatística, homícidios, segurança, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.