Jornal do Brasil

Terça-feira, 23 de Setembro de 2014

País

Advogado acusa Demóstenes Torres de ameaçar degolá-lo

Portal Terra

O ex-senador Demóstenes Torres prometeu degolar seu primeiro defensor no processo em que pode perder o cargo de procurador de Justiça. O advogado Neilton Cruvinel registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil de Goiás denunciando o caso. 

Ele garante que Demóstenes tentou agredi-lo e o ameaçou de morte, em registro feito no dia 19 de dezembro. A agressão apenas teria sido contida porque um empresário amigo dele e de Carlinhos Cachoeira - cuja relação com o ex-senador levou à cassação de seu mandato em 2012 - interveio. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Cruvinel relata que Demóstenes Torres o chamou para um encontro no seu apartamento em 13 de dezembro. No local, estavam também o empresário Maurício Sampaio e Carlinhos Cachoeira. O advogado denunciou que Demóstenes passou a xingá-lo e dizer que tinha feito intrigas - motivado pela frustração um projeto entre ambos para montar um escritório de advocacia juntos. 

O ex-senador teria tentado agredir o empresário fisicamente, mas foi contido pelos outros presentes. Cruvinel conseguiu sair do apartamento, mas antes relata que ouviu Demóstenes dizer que iria "matá-lo, degolá-lo e que iria acabar com sua vida". 

Procurado pela reportagem do jornal, Demóstenes Torres não comentou o caso. Seus advogados, que comentariam a suposta ameaça, afirmaram não ter conhecimento das denúncias, e um deles disse que Neílton Cruvinel "talvez tenha ficado inconformado" por sair do processo em que defendia o ex-senador. Carlinhos Cachoeira, por sua vez, nega ter participado da reunião. 

Tags: . torres, advogado, ameaças, ex-senador, Goiás

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.