Jornal do Brasil

Sábado, 30 de Agosto de 2014

País

Policiamento na USP será reforçado após onda de assaltos, diz Alckmin

Agência Brasil

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, afirmou nesta quarta-feira que o policiamento será reforçado na região da Universidade de São Paulo (USP), no bairro do Butantã, zona oeste da cidade, após uma onda de assalto a ciclistas. "Nós temos policiamento ostensivo e vamos reforçar esse policiamento com a Rocam (Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas), com as motos. A Polícia Militar já decidiu. Vai ser feito um aumento no policiamento, e um policiamento motorizado através da Rocam, que tem mais agilidade e cobre uma área maior", afirmou.

Uma quadrilha vem assaltando ciclistas na USP e já atacou pelo menos nove pessoas neste ano. Vítimas descrevem que o método do bando se repete: sempre em dupla, os ladrões andam em motos e emparelham com os ciclistas. O passageiro, armado, desce do veículo e rende a vítima. O criminoso, então, coloca a bicicleta nas costas, sobe na moto e a dupla foge. Roberto Bodini sofreu o assalto no sábado, durante a manhã, turno preferencial dos bandidos. Visando bicicletas feitas sob encomenda - que podem custar até R$ 20 mil -, os criminosos procuram vender o meio de transporte no mercado informal. 

O promotor de Justiça Roberto Bodini foi uma das vítimas. Ele teve sua bicicleta roubada quando pedalava no campus da USP. Com uma arma apontada para a cabeça, ele foi agredido e assaltado junto com um amigo que pedalava com ele.

Tags: assaltos, bicicletas, campus, SP, universidade

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.