Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

País

Novo ministro da Saúde é investigado por improbidade administrativa pelo MP

Portal Terra

Atual secretário de Saúde em São Bernardo do Campo (SP) e convidado para assumir o Ministério da Saúde, Arthur Chioro é alvo de investigação do Ministério Público de São Paulo por improbidade administrativa. O MP apura se há irregularidade na contratação de consultoria do político convidado ontem pela presidente Dilma Rousseff para ocupar o lugar de Alexandre Padilha no governo federal. 

Chioro é secretário municipal e, ao mesmo tempo, sócio majoritário de uma empresa que presta serviço para diversas cidades, de acordo com a promotora que investiga o caso. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

A consultoria pertence ao secretário desde 1997 e presta serviços na área da saúde a várias cidades do Estado de São Paulo - principalmente em municípios com prefeitos petistas, como Ubatuba e Botucatu. 

Procurada pela Folha, a Secretaria de Saúde de São Bernardo do Campo não comentou a investigação. Arthur Chioro deve ser nomeado ministro da Saúde na reforma ministerial que pode ser anunciada no fim da semana que vem. O atual titular da Saúde, Alexandre Padilha, deixará o governo para disputar o governo de São Paulo.

Tags: dilma, Ministério, ministérios, público, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.