Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

País

Garotinho diminui rejeição com atuação parlamentar

Jornal do Brasil

A pouco mais de oito meses da eleição de outubro, o Partido da República (PR) realizará no próximo sábado, dia 25 de janeiro, sua Convenção Estadual a fim eleger os presidentes do diretório e executiva regionais e reafirmar a intenção do ex-governador e deputado federal, Anthony Garotinho, de disputar as prévias do partido para a candidatura ao governo do Rio. O encontro será de 14h as 17h na casa de espetáculos Via Show, que fica na Rua Maria Soares Sendas, 105, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.  

Em meio a especulações políticas, busca de apoios e palanques, além do tempo de rádio e televisão na campanha, o PR-RJ -- aliado da presidente Dilma em nível nacional -- ainda não definiu com quem vai caminhar na campanha presidencial. E Garotinho diz que não há pressa quanto a essa definição.

- Temos até maio para definir essa questão. A presidente Dilma hoje tem mais de um palanque no Rio, mas a configuração política ainda está indefinida. Com Pezão (PMDB) patinando nas pesquisas e Lindbergh (PT) sem capilaridade alguma, a presidente tende a precisar de nosso apoio, além do Marcelo Crivella (PRB). Mas nada está acertado e precisaremos conversar - diz o ex-governador. 

Atuação parlamentar melhora imagem de Garotinho e diminui rejeição

O ex-governador contratou em abril do ano passado a agência  LabPop, que cuida do marketing político de Garotinho e monitora os movimentos nas redes sociais. Em abril de 2013, Garotinho tinha 35% de citações negativas na rede contra 36% de neutras e 29% de citações positivas. O gráfico de dezembro apontava para uma diminuição significativa de sua imagem negativa, que passou para  29%;  23% de neutras; e 48% de citações positivas.

A análise dos números da LabPop reflete a aproximação de Garotinho com o internauta por meio das redes sociais, sobretudo o Facebook do ex-governador que atualmente tem mais de 336 mil pessoas, 95% delas do estado do Rio, 30% da cidade do Rio de Janeiro.

- A atuação parlamentar dele em 2013 é reconhecida e muito bem avaliada pela população do estado do Rio e isso mudou significativamente sua imagem nas pesquisas internas que fazemos - avalia Mario Marques, diretor-executivo da LabPop.

A Labpop usa também, a título de comparação, a análise da imagem de outros pré-candidatos ao governo do Rio. Pezão (PMDB), por exemplo, teve um aumento nas citações negativas, de abril a dezembro, de 64% para 80%; Lindbergh Farias (PT) tinha 44% de citações negativas e subiu para 67% em dezembro. O ministro da Pesca, Marcelo Crivella,  anunciado como pré-candidato do PRB em setembro, subiu de 33% para 46% de citações negativas na internet em três meses.

Tags: a agência, contratou, do ano, em abril, o ex-governador, passado

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.