Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

País

Mortes causadas pela Polícia Militar é a menor em 15 anos em SP

Portal Terra

As mortes causadas por policiais militares caíram 39% no Estado de São Paulo após um ano da resolução que recomenda a polícia a não socorrer feridos nas ruas e aguardar atendimento especializado. O índice é o mais baixo em 15 anos, segundo o jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, em 2013, policiais militares mataram 335 pessoas em confrontos. No ano anterior, foram 546 mortes. Na capital paulista, a queda na chamada letalidade da polícia no período foi ainda mais acentuada, 47% - de 230 mortes para 121.

Para o secretário de Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, parte da queda se deve ao melhor socorro prestado aos feridos o que, segundo ele, aumentou a chance de sobrevivência. “O policial tem formação para realizar os primeiros socorros, mas ele não tem todos os materiais e equipamentos".

Para Marcos Fuchs, diretor da Conectas Direitos Humanos, a resolução inibiu a ação de maus policiais que se aproveitavam de suas funções para cometer crimes. Já o promotor de Justiça Luiz Roberto Faggioni afirma que as ações da polícia são reflexos da política do Estado. "Quando o governo sinaliza que tolera a violência, a polícia se torna violenta."

A resolução foi uma das primeira medidas tomadas por Grella após assumir a pasta, em novembro de 2012.

Tags: levantamento, morte, pesquisa, polícia, são paulo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.