Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

País

MA: Pedrinhas tem 2ª tentativa de rebelião em menos de 24 horas

Agência Brasil

Uma nova tentativa de rebelião no final da noite dessa quinta-feira foi registrada em uma das oito unidades prisionais do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. A ação dos presos no Centro de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ) –na mesma ala onde, durante a tarde, presos já haviam se rebelado e quebrado as grades de ao menos seis celas, segundo funcionários do presídio.

Em nota, a Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) informou que a “tentativa de motim realizada por presos na CCPJ de Pedrinhas, no mesmo bloco onde houve um tumulto mais cedo, foi controlada”.

Ainda de acordo com a secretaria, policiais militares e agentes da Força Nacional de Segurança fizeram revista nas celas acompanhados da Corregedoria e da Ouvidoria da pasta.

“Os presos que se rebelaram, por estarem insatisfeitos com a presença da Polícia Militar no Complexo de Pedrinhas, integram o grupo que comandou os ataques a ônibus e a delegacias no dia 3 deste mês, em São Luís”, diz a nota. Em um desses ataques, ocorrido na Vila Sarney (periferia da Grande São Luís), a menina Ana Clara de Souza, de seis anos, teve 95% do corpo queimado e morreu, dias depois.

Na rebelião ocorrida à tarde, por volta das 13h30, os presos foram contidos pela Força Nacional e por homens da Tropa de Choque. Apesar de PM afirmar, durante a ação, que se trata de revista de rotina, parentes dos presos relataram som de tiros e de bombas lançadas no interior do complexo. Novo barulho de bomba foi ouvido às 15h30.

Tags: ataque, Maranhão, morte, onibus, presídio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.