Jornal do Brasil

Domingo, 26 de Outubro de 2014

País

Tropa de Choque contém princípio de rebelião em Pedrinhas  

Jornal do Brasil

Homens do Batalhão de Choque da Policia Militar e do Grupo Especial de Operações Penitenciárias (Geop) conseguiram controlar o princípio de rebelião no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, no Maranhão. A Força Nacional também participou da ação, que foi considerada como 'rotina'.

Os policiais entraram pouco antes das 14h desta quinta-feira em uma das unidades do Complexo. Segundo funcionários do presídio, a rebelião ocorreu no Centro de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ), uma das oito unidades prisionais do local. 

Pouco antes da entrada dos PMs da Tropa de Choque, era possível ouvir gritos vindos do CCPJ. Nessa última semana, Pedrinhas se tornou o centro de uma das maiores crises de segurança pelas quais passa o estado do Maranhão. Entidades de direitos humanos afirmam que presos têm sofrido torturas desde a entrada da Força Nacional de Segurança Pública e da Polícia Militar no local, no final do ano passado.

Desde segunda-feira (13), os presos estão protestando contra a má qualidade da comida, a falta de assistência médica e, principalmente, a demora no julgamento de processos pela justiça. Também na segunda-feira, a Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado Federal visitou as instalações do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

De dentro da cadeia, segundo o governo do Maranhão, teriam partido ordens de ataques em São Luís, comandados por facções infiltradas no complexo.

Tags: crise, intervenção, Maranhão, prisional, Sistema

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.