Jornal do Brasil

Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

País

Assaltantes levam mais de R$ 1,5 milhão de carro-forte em Pernambuco

Portal Terra

Cerca de 10 homens com armas de grosso calibre assaltaram um carro-forte, na BR-407, na altura da cidade de Petrolina, na noite de quarta-feira. De acordo com a Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 18h20, próximo ao povoado de Pau Ferro, onde os assaltantes, divididos em três carros, abordaram o veículo de transporte de valores. 

Segundo a Polícia Militar, com base em relato dos funcionários da empresa responsável pelo carro-forte, um dos carros usados pelos assaltantes era um Pálio Weekend prata, com o logotipo do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Nesse veículo, o grupo instalou uma metralhadora calibre .50, com a qual efetuaram disparos para parar o carro-forte. 

A PM afirma ainda que, após perceberem que eram alvejados por disparos da metralhadora .50, os vigilantes deixaram o carro-forte em busca de proteção. Os bandidos então fizeram entre três e quatro explosões para tentar acessar o cofre do veículo, mas não conseguiram. 

Depois de falharem na tentativa de acessar o cofre, o grupo então usou um maçarico, com o qual conseguiram ter acesso ao dinheiro. O uso do maçarico gerou uma explosão, que incendiou o veículo, de acordo com o delegado que apura o caso, Ronaldo Luz Dantas. 

Segundo a Polícia Civil, os assaltantes levaram do cofre do carro-forte R$ 1,5 milhão. A empresa responsável pelo carro, porém, nega a informação De acordo com a Prossegur, “os assaltantes fugiram sem levar os valores, em função do acionamento do Sipe – Sistema Injeção de Poliuretano Expandido instalado no cofre carro-forte atacado”. 

Dos quatro vigilantes que estavam a bordo do carro-forte, apenas um sofreu ferimentos leves e precisou ser atendido. Segundo a empresa, ele “passa bem”. Segundo o delegado responsável pelo caso, ninguém ainda foi identificado nem preso.  

Tags: Assalto, dinheiro, estrada, pe, polícia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.