Jornal do Brasil

Domingo, 26 de Outubro de 2014

País

SP: mulher morta por raio no Guarujá pedia para filho sair do mar

Portal Terra

A vendedora Rosângela Biavati, 36, atingida por um raio na praia da Enseada, em Guarujá, no litoral paulista na última segunda-feira tentava tirar crianças do mar, quando o temporal começou. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, a vítima chamava o filho Leonardo, 10 anos, que estava dentro da água com um primo. Ainda na areia molhada, ela recebeu a descarga elétrica que a matou.

Rosângela estava de férias e recebia a visita de irmãos e sobrinhos, em Ribeirão Pires. A visita ao litoral era um “bate-volta” familiar, com 12 pessoas.

O marido da vítima, Leandro Lopes Santos, 37 anos, estava na praia no momento do acidente e reclamou de "estrutura adequada" para um atendimento de emergência. "Não tinham nenhum equipamento", disse ele. Um perito da Polícia Científica de Guarujá estimou que Rosângela tenha recebido uma descarga superior a 3 mil volts. No laudo do IML, consta como causa da morte uma parada cardíaca.

O corpo da vendedora foi liberado na tarde de ontem do IML de Guarujá e encaminhado para o cemitério Parque Vale dos Pinheirais, em Mauá, na Grande São Paulo. A cerimônia de cremação ocorre nesta quarta, no cemitério da Vila Alpina, na capital.

Tags: MAR, morte, mulher, praia, raio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.