Jornal do Brasil

Quinta-feira, 18 de Setembro de 2014

País

MA: irmã de menina que morreu em incêndio de ônibus recebe alta

Portal Terra

A menina  Lorrane Beatriz Santos, de 1 ano e 5 meses, teve alta nesta quarta-feira do Hospital Infantil Juvêncio Matos, em São Luís, informou a Secretária de Saúde do Maranhão. Ela sofreu queimaduras causadas por um incêndio criminoso em um ônibus, no último dia 3, durante a onda de ações ordenadas por facções de criminosos presos no Estado. 

Lorrane foi liberada após passar por curativos cirúrgicos para limpeza da área queimada - as duas pernas, a mão direira e o braço esquerda. Os médicos constataram que suas feridas já cicatrizaram. 

A menina é irmã de Ana Clara Santos Sousa, 6 anos, que morreu vítima de queimaduras contraídas no mesmo incidente. A mãe delas, Juliane Carvalho Santos, 22 anos, também teve 40% do corpo queimado no incêndio e foi levada, a pedido da família, para o Hospital Regional da Asa Norte, em Brasília (DF). Segundo boletim médico divulgado na terça-feira, o quadro dela é estável. 

Segundo o órgão, outra vítima do incêndio, Abiancy Silva, 35 anos, também está internada em um hospital na capital maranhense. Ela contraiu ferimentos no braço direito e passou por operativo cirúrgico na terça-feira, mas ainda não estava em condições de receber alta. 

Além disso, Márcio Roni da Cruz, 37 anos, que ficou ferido ao tentar ajudar a menina Ana Clara a deixar o ônibus, está internado no Hospital de Queimaduras de Goiânia. Segundo a Secretária de Saúde, Cruz estava com o corpo coberto de gasolina após deixar o ônibus e retornou para o veículo para tentar salvar a criança, que estava em chamas. Ele teve 72% do corpo queimado e seu estado é grave.

Tags: crise, intervenção, Maranhão, prisional, Sistema

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.