Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

País

Agente de consulado visita brasileiro detido nos EUA após ameaça de bomba

Agência Brasil

Brasília – Um representante do Consulado-Geral do Brasil em Miami, nos Estados Unidos, vai visitar nesta quarta-feira (15) Francisco Fernando Cruz, no Centro de Detenção Federal, para verificar as condições físicas e psicológicas do brasileiro de 22 anos, preso no dia 9 de janeiro, suspeito de ter enviado e-mails com ameaças de bomba em um avião para a polícia de Miami e para a companhia aérea TAM.

Nessa terça-feira, Cruz teve uma audiência preliminar e a Justiça não determinou fiança para o brasileiro. Ele aguarda preso a próxima audiência, marcada para 24 de janeiro. Cruz foi indiciado por ameaça à aviação comercial internacional, um delito federal. Se condenado, pode pegar pena máxima de cinco anos de prisão e pagar multa de US$ 250 mil. Segundo o Ministério das Relações Exteriores, um defensor público americano foi designado para o brasileiro, mas um assessor jurídico do consulado também vai acompanhar o caso.

De acordo com o FBI (a Polícia Federal norte-americana), no dia 8 de janeiro um e-mail foi enviado para a polícia de Miami e outro para a TAM com suposta ameaça de bomba a um voo da empresa aérea, previsto para o dia 10 de janeiro, de Miami para Brasília. A polícia identificou que os e-mails vieram de um computador da Universidade Estadual de Montclair, em Nova Jersey, e teve acesso às imagens da universidade que mostraram a pessoa que utilizou o terminal. Cruz foi identificado como o autor das mensagens. O brasileiro viajou de Nova York para Miami, onde ia pegar o voo contra o qual fez a ameaça, e foi preso no dia 9.

Em nota, a TAM informa que foi notificada pelas autoridades dos EUA sobre a suposta presença de bomba a bordo de uma de suas aeronaves. “Para garantir a segurança dos clientes e da tripulação, a companhia, como já fez em outras circunstâncias de alarme falso, reforçou a inspeção de todas as cargas despachadas, assim como dos passageiros. Após intensa investigação com às autoridades competentes, foi confirmada que a ameaça era falsa. Portanto, nenhum risco foi detectado à segurança do voo JJ8043 (Miami-Brasília). A aeronave decolou normalmente na sexta-feira (10), no horário previsto”, disse o comunicado.

Tags: avião, bomba, brasil, emails, voo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.