Jornal do Brasil

Terça-feira, 16 de Setembro de 2014

País

Seis delegados vão investigar série de mortes em Campinas

Portal Terra

O diretor do Departamento da Policia Judiciária de São Paulo Interior 2 (Deinter 2),  Licurgo Nunes Costa, informou que 12 pessoas foram assassinadas entre ontem e hoje no bairro Ouro Verde, em Campinas, e não 13, como havia sido divulgado pela Policia Militar no inicio da manhã. Segundo ele, ainda é cedo para classificar a motivação dos crimes nos bairros.

"Não podemos dizer se foi vingança, pura execução, ou disputa ou desavença de grupos, não estamos descartando nenhuma hipótese", falou Costa. Os mortos foram alvejados por tiros na região da cabeça com armas de calibre 9 milímetros e 380. De acordo com o diretor do Deinter 2, foi formada uma equipe de seis delegados que contam com apoios do Departamento de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP) da Capital. Segundo o delegado, as equipes estão nas ruas buscando informações.

"É evidente que os assassinatos têm uma ligação. Foi uma sequência - um atrás do outro - nas regiões oeste e sudoeste da cidade, em ocorrências bem próximas uma da outra", comentou Costa, em entrevista coletiva no começo da tarde de hoje.

No bairro Vida Nova foram mortos cinco pessoas (e não seis, como divulgado mais cedo pela PM). Outras quatro pessoas foram mortas no Recanto do Sol, uma no Parque Universitário, uma no Vista Alegre e outra no Parque Cosmos.

Tags: apuração, campinas, delegados, equipe, interior, mortes, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.