Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

País

MA: mesmo com apoio da Justiça, Roseana tem autonomia em crise

Portal Terra

Apesar de o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) ter concluído que o governo do Maranhão tem sido incapaz de coibir a violência, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, garante que Roseana Sarney (PMDB) tem "total autonomia" para resolver os problemas de segurança no Estado. Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, Cardozo afirmou que a proposta de uma intervenção federal para coibir casos de violência dentro e fora dos presídios – com registro, inclusive, de decapitação e esquartejamento de detentos em Pedrinhas –, deve ser proposta ao Supremo Tribunal Federal, e a governadora coordenará diretamente o plano anticrise lançado na semana passada, cabendo ao Ministério da Justiça "apoiar ações e acompanhar o cumprimento de prazos".

O ministro da Justiça classificou o sistema penitenciário brasileiro como "medieval" e afirmou que o governo está tomando medidas práticas para controlar a violência no Maranhão, como a transferência de presos de alta periculosidade para presídios federais e um mutirão de defensoria pública para acelerar processos. O objetivo das medidas é tentar cortar o comando da organização criminosa que age dentro dos presídios e ordena ataques violentos nas cidades. Cardozo admite que muitas organizações criminosas surgiram a partir da articulação de presos com o intuito de mudar as condições péssimas nos presídios.

Tags: ataque, Maranhão, morte, onibus, presídio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.